10 dicas para manter a compressão mamária durante a alimentação

Mãe amamentando com gripe

Muitas mamães tem dificuldade em ter uma quantidade mais generosa de leite. E o que fazer em uma situação em que não há leite suficiente. Acontece que o bebê suga ineficientemente ou rapidamente, e adormece no peito, etc., uma técnica para comprimir a mama será útil. 

mãe amamentando sua bebê
mãe que amamenta

Essa técnica que vamos te ensina vai permitir estimular e manter o fluxo de leite quando o bebê ainda está chupando, mas não há sons de deglutição. Fique atenta para saber se ele está realmente recebendo seu leite.

A compressão mamária ajudará se:

1. O bebê tem ganho de peso insuficiente;
2. O bebê tem cólica;
3. O bebê mama demais e quer o tempo todo o peito;
4. Hipersensibilidade dos mamilos durante a alimentação na mãe;
5. lactostase ou mastite frequente;
6. O bebê adormece muito rapidamente durante a amamentação;

A compressão mamária pode e deve ser usada desde os primeiros dias de amamentação do bebê. A técnica realmente funciona, porque mesmo que o bebê não esteja corretamente preso ao seio, ele será capaz de obter nutrição suficiente.

Quer dizer (o bebê receberá mais leite em geral e, em particular, a quantidade de leite gordo também aumentará significativamente).

Técnica de compressão mamária

  • 1. Colocamos o bebê no peito;
  • 2. Seguimos a sucção do bebê, se ouvir sons de deglutição, você pode relaxar e alimentar-se com calma;
  • 3. Quando o bebê chupar apenas o peito levemente e não ouvir a faringe, você poderá aplicar a técnica de comprimir o peito.
  • 4. Para fazer isso, segure o peito com a mão livre na mesma base, para que o polegar fique em cima e os outros quatro apoiem o peito por baixo (letra C);
  • 5. Em seguida, aperte o peito. Forte o suficiente, mas para que não haja sensações dolorosas e o peito não mude de forma perto da boca do bebê e, portanto, o apego não muda.
  • 6. Usando esta técnica, o fluxo de leite será retomado e o bebê será novamente engolido.
  • 7. Assim que o bebê parar de engolir, relaxe a mão. Se depois disso parar de sugar, apertaremos o peito novamente. Se a sucção, pelo contrário, se intensificou, você não pode apertar por algum tempo, até que seja necessário.
  • 8. Você pode comprimir o peito quantas vezes puder ouvir a faringe usando compressão. Se isso não ajudar, observe a situação. Faça uma pausa na alimentação ou dê uma segunda mama e repita o processo.
  • 9. É possível transferir o bebê de peito para peito para uma mamada, conforme necessário;
  • 10. Quando a situação da amamentação melhorar, você pode parar de usar a técnica de comprimir a mama.

Utilizando essas técnicas corretamente, você vai contribuir para que seu filho se alimente e se sinta satisfeito. Um bebê que não mama bem, chora muito, pois é uma forma dele chamar a atenção, quando ele chora é um aviso, que preciso de algo, nesse caso, mamar mais.

Para mamães que tem problemas com mamilos invertidos, existe muitas indicações do que pode e deve ser feito, para que seu filho seja alimentado e você também se sinta muito bem.

Se você gostou desse artigo e lhe foi útil, deixe seu comentário e confira outros artigos aqui em nosso site sobre maternidade. Agradecemos e até a próxima!

Artigos Recomendados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *