Gravidez e parto

Cinto de segurança durante a gravidez

As mulheres nunca devem deixar de usar o cinto de segurança durante a gravidez. No entanto, algumas mulheres acham o cinto apertado ao redor da barriga desconfortável, outras temem que o cinto possa prejudicar o feto se ocorrer um impacto.

No entanto, o cinto de segurança é a melhor maneira de proteger a saúde das mulheres grávidas e do feto, tanto em viagens curtas quanto em viagens mais longas. É importante considerar algumas regras para se ajustar corretamente e se comportar no carro:

  • O banco do passageiro e os bancos traseiros são mais adequados para mulheres grávidas do que o banco do motorista. Porque em caso de impacto, há um grande risco de ferimentos no volante. Portanto, as mulheres grávidas devem ser conduzidas o mais rápido possível, em vez de dirigirem elas mesmas o veículo.
  • As mulheres grávidas devem apertar os cintos a cada curta viagem. O cinto de três pontos é o mais adequado para isso, no qual o cinto é passado primeiro sobre o ombro através do corpo e novamente sobre a pelve. O cinto deve correr o mais longe possível abaixo da barriga. Ele também tem que sentar firme. Roupas emocionantes podem ser retiradas.
  • Todos os ocupantes do veículo devem usar cintos de segurança. As consequências de um possível acidente podem ser muito graves para o feto e a mulher grávida. Existe a possibilidade de que a mulher grávida desacompanhada possa ser responsabilizada pelas conseqüências do acidente.
  • Os airbags geralmente não representam risco à saúde das mulheres grávidas se a distância de segurança necessária e a posição correta do assento forem mantidas.

Cinto de carro para mulheres grávidas: o cinto de segurança pode ser omitido?

As mulheres grávidas  geralmente não apertam o cinto durante a gravidez porque o cinto  pressiona a barriga e você teme que isso possa prejudicar a criança. No entanto, esse é um crime administrativo que será sancionado.

Durante a gravidez, as gestantes querem que o bebê ainda não esteja bem. Nutrição saudável e consideração especial   são, portanto, muito importantes.

Para que  nada aconteça com a prole , muitas mulheres grávidas ficam sem o cinto de segurança ao dirigir  . Eles temem que isso possa prejudicar o bebê e que a pressão sobre a barriga se torne muito forte.

Mas se você estiver grávida, pode simplesmente deixar de fora o cinto de segurança ? Existe um cinto de carro especial para as mulheres grávidas que protege o feto ? Você pode descobrir mais em nosso guia.

O cinto de segurança é obrigatório na gravidez?

As gestantes são particularmente cuidadosas durante a primeira gravidez . Eles não querem que nada aconteça com seus filhos e, na pior das hipóteses, até abortar . Por esse motivo, a questão de muitas mulheres grávidas é se o cinto de segurança pode ser omitido durante a gravidez.

Um cinto de carro muitas vezes significa pressão extrema na barriga para mulheres grávidas  . Isso pode ser saudável para o feto? Se o cinto for colocado corretamente , isso garante que o bebê esteja  bem protegido durante  viagens curtas ou longas de carro .As mulheres grávidas podem dirigir um carro até que a criança nasça sem comprometer a segurança da criança. Mas mesmo que o cinto de segurança do carro se torne  bastante desconfortável para mulheres grávidas a partir do quinto mês , isso não deve ser evitado por razões de segurança.

Se houver um  acidente de trânsito , a colisão não segura do bebê bate no volante . A placenta pode se separar do útero. Para que o feto não seja prejudicado , a gestante definitivamente deve  consultar um médico após um acidente e fazer uma verificação completa.

Se o cinto de segurança for desconfortável para mulheres grávidas em viagens mais longas, há vários intervalos para descanso . Isso também garante que a futura mãe  possa esticar as pernas .Interessante: o  cinto de segurança do carro para mulheres grávidas só pode ser omitido se um certificado médico correspondente  estiver disponível. Nesse caso, no entanto, as pessoas afetadas devem primeiro ir ao escritório de regulamentação e obter a aprovação oficial de que não precisa usar o cinto de segurança durante a gravidez .

Quais cintos de segurança são particularmente adequados para mulheres grávidas?

As mulheres grávidas já estão adequadamente protegidas nas viagens de carro se apertarem os cintos de segurança com o cinto de segurança de três pontos e implementarem as instruções sobre como prender corretamente as mulheres grávidas. No entanto, existem também sistemas especiais projetados para aliviar o saco amniótico . Eles consistem em uma almofada de assento e um cinto de segurança que pode ser fechado em uma posição mais baixa, o que é mais confortável para as mulheres grávidas, usando velcro.

Dirigindo um carro durante a gravidez

Dirigir um carro durante a gravidez geralmente não é problema. O boato persiste que as mulheres grávidas não precisam usar cinto de segurança. Isso não é verdade. As mulheres grávidas também precisam apertar os cintos de segurança, caso contrário, existe o risco de multas. Somente um cinto de segurança apertado oferece proteção ideal em caso de impacto.

Algumas mulheres grávidas não se sentem confortáveis ​​ao dirigir, porque têm medo de um acidente devido à gravidez. Obviamente, um acidente de carro pode afetar a saúde da mãe e do nascituro. No entanto, o bebê está relativamente protegido no corpo da mãe, protegido pelo saco amniótico . No último terço da gravidez, as mulheres devem dirigir seu carro com muito cuidado e, se necessário, solicitar ao motorista uma consideração especial. Um impacto grave pode – mas não precisa – levar a uma explosão prematura de bolhas ou até ao descolamento da placenta causa. É aconselhável dirigir menos carros ou dirigir o mínimo possível nos últimos meses de gravidez. O maior risco de lesão ocorre quando o volante atinge o estômago. Em geral, mesmo em acidentes de carro pequenos e inofensivos (como colisões traseiras), um médico deve ser definitivamente consultado.

As mulheres grávidas devem planejar intervalos regulares em viagens de carro mais longas. Por um lado, eles certamente precisam ir ao banheiro mais frequentemente do que o normal. Um pouco de exercício de tempos em tempos também é importante para a circulação materna, que é particularmente estressada durante a gravidez.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *