Que cuidados com o bebê que a mamãe precisa ter aos 4 meses de idade? Bom, ela acompanha o dia a dia da criança desde o nascimento. E aos 4 meses de idade ele já está bem evoluído e esse é um grande marco na vida do seu filho, tais como de desenvolvimento físico e cerebral. A maioria dos bebês quando estão nessa idade já tem o dobro do peso que tinha quando nasceu (ou mais), além disso já consegue dormir períodos mais longos à noite.

Nos primeiros meses de vida, há várias coisas a considerar ao cuidar do bebê. Vamos falar sobre os 4 principais cuidados com o bebê nos primeiros meses de vida.

1 – Cuidados com o bebê – pele

Ter cuidados com a pele do bebê é necessário, porque esta é a única maneira de manter a pele saudável do bebê e suportar influências externas, como clima e patógenos. Lembrando que sempre é ter muito cuidado com o bebê. A pele do bebê é cinco vezes mais fina que a dos adultos e seca mais rapidamente. Além disso, bactérias e poluentes penetram mais facilmente na pele dele. A princípio, ele fica o tempo todo no berço ou em seu braço. Quer dizer que além de ter cuidados na troca de fralda, no máximo vai suar um pouco. Portanto, usar shampoos, cremes e loções, deve ser com moderação, observe o seguinte:

  • Como algumas substâncias pode provocar alergias na pele sensível do bebê, os produtos de cuidados sempre devem ser testados dermatologicamente.
  • O produtos devem estar isento de conservantes, óleo mineral e óleos essenciais, devem ser usados corretamente pois seu uso inadequado pode ser desagradável para o nariz sensível do bebê.

Equipamento básico para produtos de cuidados com o bebê

Para o cuidado da pele sensível do bebê nos primeiros meses, você precisa dos seguintes acessórios:
• Panos finos ou gazes: para lavar e secar;
• Óleo vegetal puro: na água do banho para a pele seca e levemente escamosa; para remover resíduos de creme e sujidade mais difíceis;
• Pomada cicatrizante: creme de proteção de feridas à base de óxido de zinco para bumbum inflamado;
• Creme para bebês: para proteger o rosto em temperaturas muito baixa;
• Cotonetes: podem ser usados apenas para fazer limpeza no umbigo do recém-nascido.

Dicas para o cuidado das unhas

Muitos pais de primeira viagem ficam preocupados em como cortar as unhas do bebê. Saiba quando e como cortar as unhas do seu bebê em segurança. Mesmo que possam atingir um comprimento considerável, você não precisa cortar as unhas dos pés e das mãos, porque elas ainda são muito macias nas primeiras seis semanas de vida e caem sozinhas. Só então eles ficarão mais difíceis.

As unhas que começam a descolar dos dedinhos são cuidadosamente tiradas.

Mais tarde, as unhas pontudas podem ser cortadas com uma tesourinha para unha de bebê na metade e não muito curta. É melhor que seu filho durma e mantenha os dedos imóveis.

Como cortar corretamente as unhas do bebê

O momento ideal para cortar as unhas do bebê é após o banho, quando o bebê está cansadinho ou enquanto dorme. Coloque a tesoura na ponta do dedo, afaste-a da unha e corte ao longo da curva natural. Corte as unhas com muito cuidados dos pés e das mãozinhas, para evitar acidentes. Sempre com muita atenção, as vezes se você cantar uma música pode acalma-lo. Bem melhor, cortar as unhas com a criança calma e relaxada isso ajuda, um ritual descontraído que vocês dois gostarão.

2 – Cabeça do bebê

Como cuidar da cabeça do bebê, o que se aplica à pele do corpo também se aplica à cabeça do bebê lavar o cabelo com água. Para que o bebê fique com os cabelos limpos e cheirosos, use um shampoo especial para bebê com substâncias de lavagem extra leves. Portanto, incline suavemente a cabeça do bebê para trás enquanto lava, para que a espuma e a água não escorram pelo rosto da criança.

Cuidado com olhos e ouvidos

Além do cuidado diário com a pele, outras partes também exigem inspeção regular. Nas primeiras semanas de vida, os olhos de alguns bebês ficam irritados ou se forma uma secreção amarelada que gruda nas bordas das pálpebras. 

Você pode removê-las com um pano úmido ou com uma compressa de gaze e água morna e fervida, limpando suavemente a parte externa do nariz.

O nariz e as orelhas, por outro lado, na verdade se “limpam”, mas você deve observar as orelhas do bebê de vez em quando, pois é nesse ponto que os as crostas se formam. Além disso, se houver secreção no nariz, basta removê-lo com um pedaço de pano torcido. Você pode facilmente absorver e limpar as incrustações com uma bola de algodão úmida ou um pano.

A parte mais vulnerável do corpo do seu bebê é a região da fralda. Aqui a pele é muito sensível, e o clima quente e úmido favorece a disseminação de bactérias e fungos. No entanto, basta limpar a pele com água morna e um pano ao trocar a fralda. Nas meninas, os lábios externos da vagina sempre devem ser cuidadosamente higienizados primeiro. Nos meninos, você não deve empurrar o prepúcio de volta, porque ele ainda está colado à glande. Deixe seu bebê sem colocar fralda, pelo menos uns minutinhos, ar fresco é bom para a pele na área da fralda.

cuidados com o bebê, criança que tomou banho

3 – Banho do bebê

Nas primeiras semanas de vida, o banho requer muito cuidado. Leia dicas sobre como dar banho em seu bebê adequadamente. Uma higienização na mesa de troca é completamente suficiente para limpar a pele dos recém-nascidos. Portanto, lave seu bebê com água morna, idealmente a uma temperatura ambiente de 23 a 25 graus. 

6 dicas para banhar o bebê:

• Não se apresse enquanto banhar seu filho e desfrute do contato da pele com seu bebê.
• Explique calmamente ao seu bebê o que você fará, qual parte do corpo será a próxima.
• Cante uma música para o seu bebê enquanto as mãos e os panos deslizam sobre o corpo dele. Mesmo que não entenda o significado das suas palavras, sua voz alegre tem um efeito incrivelmente calmante!
• Comece no rosto e continue caminhando até os pés depois de enxaguar a toalha.
• Não se esqueça dos protetores auriculares e dobras de pele no pescoço e nas pernas!
• Se uma área estiver limpa, seque-a com uma toalha felpuda pré-aquecida. A partir das três semanas de idade, não há razão para não dar banho no bebê. 

Ao cuidar do seu bebê , observe o seguinte:

• A água deve estar quente a 37 graus.
• O banho não deve demorar mais de cinco a dez minutos.
• Evite usar espuma de banho. Você só deve usar aditivos hidratantes e sem sabão para a pele seca.
• A secagem é particularmente importante porque a umidade que se acumula nas dobras da pele atrás das orelhas, nas axilas, entre os dedos das mãos e dos pés, na virilha e na parte de trás dos joelhos pode facilmente levar à inflamação.

4 – O umbigo precisa de cuidados extras

Ao contrário das suposições anteriores, o restante do cordão umbilical que o recém-nascido têm no umbigo durante as duas primeiras semanas de vida não interfere no banho. Em princípio, você pode banhar as crianças em casa imediatamente, diz especialistas em bebês, alguns minutos e você dá o banho em seu filho. 

Em seguida, seque o cordão umbilical adequadamente antes de colocar a fralda, além disso, dobre a fralda da frente para que não pressione contra o umbigo do bebê. A limpeza é a principal prioridade dos cuidados com o umbigo: portanto, o risco de infecção nessa área do umbigo é muito grande, todo cuidado é bem vindo. Então, antes de dar banho no bebê, primeiro lave suas mãos e depois faça o procedimento prescrito na clínica. 

E após duas semanas, o mais tardar, o restante do cordão umbilical cairá por conta própria, o que a maioria das mães e os bebês adoram. Se gostou desse artigo, deixe seu comentário, nos conte sua experiência com seu filho e compartilhe com seus amigos. Não deixe de conferir outros assuntos relacionados a maternidade aqui em nosso site. Obrigada e até a próxima!

Aproveita e deixe seu comentário