Dermatite de fraldas em bebês – como prevenir e cuidar

Dermatite de fraldas em bebês também conhecida como assaduras, é quando a criança fica com as nádegas avermelhadas e doloridas, uma dor que deixa o bebê irritado e muito mais sensível ao toque. Um a cada três bebês acaba tendo dermatite na região do bumbum.

A dermatite de fraldas é um tipo de reação da pele na área da fralda, e isso requer atenção e cuidado, saber como fazer a higiene no bebê, ajuda evitar esse desconforto dolorido, vamos saber mais.

Dermatite de fraldas em bebês – sintomas e causas 

Se a área da fralda ao redor do ânus e da virilha do bebê estiver avermelhada, a pele ficará escamosa ouse houver bolhas, o bebê poderá apresentar erupção cutânea. Substâncias irritantes dos movimentos da urina ou do intestino e o clima adicionalmente úmido e quente da fralda danificam a delicada pele do bebê nas nádegas.

Quando o bebê está com assaduras, com certeza irá chorar muito, procure cuidar o mais rápido possível, pois a dermatite de fraldas dói e incomoda muito.

A erupção da fralda pode ter várias causas, por exemplo:

• Fezes apimentadas ou ácidas (por exemplo, devido a uma mudança na dieta ou má saúde digestiva)
• Diarreia
• Aumento da urina concentrada, por exemplo, devido a um resfriado
• Tratamento com medicação (por exemplo, antibiótico)
• Hipersensibilidade ao material da fralda ou produtos de higiene
• Dentição (os bebês são mais suscetíveis a erupções cutâneas)

Também fungos e bactérias podem causar assaduras. Você pode reconhecer o ataque de fungos por vermelhidão e nódulos.

Se as bactérias são a razão do bebê ficar com o bumbum dolorido, geralmente podem ser observadas bolhas de pus e pústulas, que se abrem, sangram e deixam inchaços na pele. Em ambos os casos, você deve ver um pediatra, pois isso também pode ser aftas. Em todos os outros casos, você pode tratar a ferida sozinho(a).

Ajuda com bumbum dolorido

Para que as áreas doloridas e parcialmente assadas das nádegas se recuperem, elas devem ser mantidas o mais secas possível. Isso significa que, você deve deixar o bumbum do bebê “sem fraldas” durante um período para melhorar.

Caso contrário, seu filho precisa trocar de fraldas todas as vezes que urinar ou fizer cocô.

Agora, a região da fralda deve ser particularmente bem limpa e seca antes de colocar uma nova. 

Também é importante que o bumbum seja bem limpo apenas com água morna e sem lenços umedecidos, pois eles contêm substâncias que podem irritar ainda mais a pele do bebê.

Leite materno e chás ajudam na dermatite de fraldas em bebês

Para tratar as manchas doloridas, passe um pouco de leite materno na área avermelhada do bumbum da criança com um pano limpo e macio. Um pouco de chá de camomila frio ou chá preto tem um efeito calmante e refrescante.

Para apoiar o processo de cicatrização, você também pode aplicar uma pomada de zinco sem receita médica na farmácia, nas áreas vermelhas da pele.

Se você estiver amamentando com leite materno, evite comer frutas e legumes muito ácidos, nozes, chocolate e, como teste, leite de vaca enquanto seu bebê sofre de assaduras. Isso garante que os movimentos da urina e do intestino da criança não se tornem tão ácidos e não irritem ainda mais a pele.

dermatite de fraldas em bebês

Evite dermatite de fraldas em bebês

Para evitar dor no bumbum do bebê e ele não ter assaduras, é importante sempre prestar atenção à higiene saudável e colocar rapidamente uma nova fralda no seu filho após cada evacuação. Antes de fazer isso, logo após a higienização no bumbum seque bem as partes inferiores da pele e do fundo. 

Para cuidados com o bebê, é melhor usar produtos testados dermatologicamente sem aditivos, como fragrâncias. Além disso: sempre que possível, deixe a criança um tempo sem fraldas para que a pele possa se recuperar melhor. 

As fezes do leite materno dificilmente irritam a pele, portanto, você deve amamentar seu bebê.. Pode ser sensível a frutas e vegetais ácidos. Se você suspeitar, tente frutas cítricas e sucos de frutas por duas semanas e veja se o bebê está melhor. 

É importante sempre ficar atenta a alimentação, pois isso interfere diretamente nessa questão das assaduras. Se com todos as dicas acima seu bebê tiver dermatite de fraldas e apresentar assaduras que não estão melhorando, recomendamos buscar ajuda de um médico especialista.

Deixe nos comentários como está sendo a experiência com seu bebê, compartilhe com seus amigos e parentes, ajudando a levar informações adiante. Confira aqui em nosso blog mais artigos sobre cuidados com o bebê, obrigada e até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *