Posso beber chá verde durante a gravidez?

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

É seguro beber chá verde com moderação durante a gravidez. Cerca de uma xícara ou duas de chá verde parece ser uma quantidade razoável.

O chá verde tem sido classificado como uma bebida que promove a saúde há muito tempo. No entanto, estudos recentes questionaram seus benefícios durante a gravidez e algumas preocupações de segurança também foram levantadas. Esta é apenas uma das razões pelas quais é prudente ter cuidado.

A alegação de que o chá verde é saudável se baseia no fato de ser rico em antioxidantes. Antioxidantes são composições químicas que ocorrem naturalmente nas plantas. Eles podem ajudar a evitar danos às células do nosso corpo. Estudos sugerem que o chá verde pode ajudar a protegê-lo de uma variedade de doenças, incluindo doenças cardíacas, pressão alta e algumas formas de câncer.

Outros estudos mostraram que o consumo de chá verde pode ter um efeito positivo na saúde bucal, na força óssea e na capacidade de combater infecções bacterianas e virais.

A pesquisa sobre essas declarações não é extensa e, portanto, é difícil tirar conclusões firmes delas.

Alguns médicos estão preocupados que o chá verde possa afetar o nível de ácido fólico do corpo (também chamado de folato). O ácido fólico é um nutriente importante durante a gravidez. Um estudo encontrou uma conexão entre um defeito do tubo neural em bebês como espinha bífida (espinha dorsal) e mulheres que estavam bebendo grandes quantidades de chá verde no momento da concepção. A espinha bífida é uma condição séria que surge quando o tubo ao redor do sistema nervoso central – o tubo neural – não fecha completamente. Defeitos do tubo neural, como espinha bífida, geralmente estão associados à deficiência de folato.

No entanto, os resultados deste estudo são muito fracos. Portanto, é muito cedo para dizer que a abstenção de chá verde durante a gravidez reduz o risco de defeitos do tubo neural. Isso exigiria significativamente mais resultados de pesquisa.

Lembre-se de que o chá verde (como outros chás) contém cafeína (50 mg). O consumo de cafeína não deve exceder 200 mg por dia durante a gravidez. Embora o chá verde contenha relativamente pouca cafeína, seria descuidado beber grandes quantidades durante a gravidez, pois você também deve levar em consideração outras bebidas que contêm cafeína – limonadas, chocolate, chá preto, café, bebidas energéticas ou Coca Cola.

O chá verde – como outros tipos de chá e café – pode tornar difícil para o nosso corpo absorver o ferro dos alimentos . Esta é outra razão para beber com moderação e não com as refeições.

Chá verde durante a gravidez – um prazer para muitas mulheres grávidas

O chá verde contém cafeína; portanto, o chá verde na gravidez parece café na gravidez. No entanto, as propriedades positivas do chá verde estão na gravidez tem a oferecer notáveis.

Ao contrário do café durante a gravidez , o chá verde pode ser bebido regularmente durante a gravidez. O chá verde com cafeína contém ingredientes valiosos e também é caracterizado por várias propriedades relevantes que são benéficas para as futuras mamães.

O chá das folhas de framboesa durante a gravidez , no entanto, não deve ser consumido antes da 34ª ou 35ª semana de gravidez, devido aos seus efeitos promotores da contração .

O chá verde contém cafeína , como o chá das folhas de framboesa durante a gravidez . Se você não gosta de chá verde, porque tem muito sabor de ervas, o chá de folhas de framboesa está na gravidez realmente uma alternativa muito saborosa .

Mas isso também é basicamente um chá verde que contém cafeína . Porque, dependendo do produto, às vezes são adicionadas substâncias naturais frutadas ou framboesas secas ao chá de folhas de framboesa durante a gravidez.

Açúcar ?

Se você deseja que seu sabor do chá verde na gravidez tenha uma certa doçura, basta derramar um pouco de mel nele durante a gravidez . No entanto, você também deve considerar dois ou três fatores quando se trata de mel durante a gravidez.

Chá verde durante a gravidez – existem benefícios ?

Como o chá verde contém cafeína, muitas mulheres grávidas relutam em apreciá-lo em maiores quantidades durante a gravidez. O chá verde com cafeína é uma das bebidas favoritas de muitos conhecedores.

Ao contrário do café na gravidez, o chá verde tem várias propriedades positivas durante a gravidez. Por exemplo, o “ouro verde” – geralmente junto com o mel durante a gravidez – é conhecido por esses “traços” positivos:

  • O chá verde é considerado para baixar a pressão arterial
  • É anti-inflamatório e pode até impedir o desenvolvimento de inflamação
  • Fortalece o coração
  • Boas propriedades antibacterianas e antivirais
  • Ideal para miomas uterinos
  • Frequentemente usado nas chamadas verrugas genitais
  • Diz-se que possui propriedades inibidoras de câncer
  • Promove a circulação sanguínea

O chá verde com cafeína funciona como um chute de frescura pela manhã. Isso é assegurado, entre outras coisas, pelos flavonóides também contidos, pelos numerosos antioxidantes, pelas substâncias amargas e pelas substâncias vegetais secundárias.

No que prestar atenção?

A experiência mostrou que existem algumas diferenças marcantes na qualidade do chá verde. Portanto, você deve examinar de perto a região de crescimento e quais são as condições ambientais no local.

Em particular com o chá barato de folhas de framboesa durante a gravidez, os níveis altos de pesticidas são frequentemente medidos. Você pode descobrir quais tipos de chá são recomendados e quais não são, com o seu nutricionista de confiança.

Nos consultórios de muitos ginecologistas, muitas vezes existem listas de alimentos que podem ajudá-lo a encontrar chá verde de alta qualidade ou chá de folhas de framboesa durante a gravidez.

Certamente, muitos alimentos na agricultura moderna são tratados com pesticidas. Pessoas adultas saudáveis ​​geralmente não reagem a essas substâncias químicas.

No entanto, bebês ainda não nascidos, assim como bebês e crianças pequenas, são altamente sensíveis e podem ser prejudicados em seu desenvolvimento pela influência de pesticidas. O fato é que os bebês que já estão expostos a níveis aumentados de pesticidas no útero da mãe costumavam nascer com malformações cerebrais com base nas estatísticas atuais.

O chá verde durante a gravidez é uma alternativa altamente recomendada ao café durante a gravidez. Você sabia que o chá matcha, oolong e o verde e o branco vêm da mesma planta? Os diferentes tipos de chá surgem das diferentes categorias etárias das folhas de chá.

O chá branco é obtido das folhas jovens e verdes, enquanto o chá preto é proveniente das folhas maiores. O tipo ou grau de intensidade da fermentação também desempenha um papel nesse sentido. Quanto mais jovens as folhas de chá, mais leve o chá e menor o tempo de fermentação.

Embora o chá verde do Japão seja recomendado na maioria dos casos em relação ao conteúdo específico de pesticidas, ele é diferente do chá verde da China. Estudos mostraram que a China utiliza pesticidas particularmente agressivos e muito agressivos contra possíveis pragas de plantas. No Japão, outros métodos são usados.

A diferença entre o cobiçado chá Matche e o tradicional chá verde durante a gravidez é apenas a maneira como é feita. As folhas da planta do chá são processadas em pó para a produção de chá Matcha.

Com o clássico chá verde, por outro lado, é usado um extrato das folhas de chá jovens de alta qualidade. A este respeito, o chá matcha é muito mais nutritivo e, portanto, mais saudável que o chá verde tradicional.

Bom saber

Segundo as estatísticas atuais, a exposição ao chumbo do chá verde da China é comparativamente alta. No entanto, também é necessário cuidado com relação aos valores de plumbum para chás japoneses nesta categoria de produto.

Enquanto adultos não grávidas podem beber tanto chá verde com mel quanto quiserem durante a gravidez, a situação é diferente para as gestantes. O chá verde da China deve ser bebido o mais raramente possível.

Para descobrir se o chá verde cultivado na China é adequado para você durante a gravidez, entre em contato com sua parteira. Nesse sentido, ela pode lhe dar dicas valiosas com base em sua constituição física.

A quantidade

Recomenda-se um máximo de um copo pequeno de 220 ml aqui. Com uma quantidade maior, a proporção de chumbo – dependendo do produto ou marca – pode ser muito excedida. É ainda melhor que o chá verde chinês seja completamente evitado durante a gravidez.

O chá verde cultivado no Japão contém cafeína. Isso é cerca de 50 mg de cafeína por xícara. As gestantes não devem exceder 200 mg de cafeína por dia, se possível. Portanto, é aconselhável que você não beba mais de quatro xícaras da deliciosa bebida quente por dia.

O teor de cafeína do chá Matcha é muito maior. O chá Matcha da agricultura orgânica é saudável e não só é bom para os amantes de chá. Mas, ainda assim, as mulheres grávidas não devem beber mais do que uma xícara.

O chá verde com cafeína estimula o metabolismo e é extremamente revigorante. A circulação sanguínea é estimulada e a cada gole do chá você se sente mais confortável e equilibrado.

Fiel ao lema: “Tudo com moderação – e não a granel”, você não deve desfrutar de chá com folhas de framboesa com cafeína em quantidades muito grandes durante a gravidez. Quanto maior o teor de cafeína no chá, maior o risco de trabalho de parto prematuro em mulheres grávidas. Existe até o risco de o conteúdo de cafeína levar a um aborto espontâneo.

Chá verde durante a amamentação – posso ?

O chá verde durante a gravidez e durante a amamentação deve, obviamente, ser apreciado de forma livre. No caso de o produto provir de uma área onde um alto nível de pesticidas é frequentemente pulverizado, deve-se levar em consideração que os pesticidas não apenas poluem o líquido amniótico, mas que mais cedo ou mais tarde eles também passarão para o leite materno.

Especialistas em nutrição acreditam que o chá verde, que é bebido durante a gravidez, pode dificultar o corpo humano de absorver o ferro dos alimentos. Portanto, é importante tomar chá verde em quantidades não muito grandes.

No entanto, não existem estudos científicos nesse contexto que apoiem totalmente esse aspecto. Portanto, você estará seguro se o chá de folhas de framboesa não for tomado em grandes quantidades durante a gravidez.

Em vez de chá verde, o chá de folhas de framboesa é muito procurado durante a gravidez. É uma deliciosa infusão de chá obtida das folhas secas da framboesa.

Até a avó sabia que o consumo regular de chá de folhas de framboesa durante a gravidez pode ajudar a tornar o parto menos doloroso e suave. Há vários depoimentos de mães recém-assadas sobre o fato de o parto ser realmente mais descontraído e livre de estresse. Por que esse é o caso ainda está sendo investigado.

Em geral, porém, verifica-se que o chá das folhas de framboesa pode encurtar a fase do trabalho de parto durante a gravidez devido ao efeito de relaxamento muscular e, portanto, contribuir para um parto mais simples.

Os benefícios do chá na gravidez

  • Promove trabalho
  • Antiespasmódico
  • Relaxamento muscular (na área da região pélvica e no intestino)
  • Relaxante
  • Dor calmante
  • Para um melhor equilíbrio antes e durante o parto
  • Promove a produção de leite

Nota

Para explorar plenamente os efeitos agradáveis ​​do chá de folhas de framboesa durante a gravidez, você deve começar a beber o chá o mais cedo possível. O momento ideal para isso é por volta da 34ª semana de gravidez.

Gostaria de beneficiar das vantagens deste chá em termos de um parto relaxado? Então é aconselhável beber entre duas e três xícaras ao longo do dia entre a 34 a e a 40 a semana de gravidez.

Dependendo da sua constituição física, é até concebível que a parteira recomende cerca de quatro a cinco xícaras de chá de folhas de framboesa durante a gravidez e para relaxar após o nascimento.

Conclusão

O chá verde durante a gravidez sempre se provou. Mesmo nos dias da avó, as mulheres grávidas gostam de recorrer ao chá verde ou chá de folhas de framboesa durante a gravidez. Mime-se com os benefícios que o chá verde com cafeína tem a oferecer.

O chá verde com cafeína tem um gosto bom e garante um bom bem-estar. A partir da 34ª semana, o chá das folhas de framboesa é um método altamente recomendado durante a gravidez para aliviar a dor do parto e para aproximar o parto de forma mais relaxada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *